Pergunta: Li que a Mãe Kali é a deidade da sua família. Você poderia falar um pouco sobre ela?

Sri Chinmoy: Kali é um dos quatro aspectos da Mãe Suprema. Ela é a Mãe do poder, a Mãe da compaixão e a Mãe da velocidade. Ela quer que seus devotos corram o mais rapidamente. Aqueles que desejam agradá-la devem ser extremamente sinceros, pois, se de um lado ela é compassiva, de outro ela é muito rigorosa. Outros aspectos “Mãe” do Supremo, como Mahalakshmi, também são compassivas – mas não se importam com o mesmo tipo de velocidade. A Mãe Kali quer a mais rápida velocidade. Ela não irá tolerar nada que seja impuro ou não-divino. Ela quer que seus devotos sejam completamente puros imediatamente. É necessário ser extremamente puro, sincero e heróico para ser seu instrumento escolhido. Ela não é para os fracos – é apenas para os fortes. A Mãe Kali só procura os fortes, que estão prontos para lutar contra a ignorância.

Muitas vezes, quando vemos Kali no plano vital, ficamos incomodados ou assustados. Ela está matando diversas forças não-divinas e, portanto, parece séria e feroz. Mas no plano interior, ela é cheia de compaixão. No plano exterior, ela pode parecer escura ou negra, mas no plano interior ela é de uma cor muito bela, dourada.

Na Índia, cada família possui uma deidade presidente. A Mãe Kali é a deidade da minha família, e por isso tem bênçãos especiais para a minha família inteira. Há muitas outras famílias que têm Kali como deidade presidente.

Sri Chinmoy, Grandes Mestres e os Deuses Cósmicos.Primeira publicação de Agni Press em 1977.

Este é o livro número 344th escrito por Sri Chinmoy desde a sua vinda ao Ocidente, em 1964.

Aviso:

Se você estiver exibindo o que você copiou em outro site, por favor, inclua as seguintes informações, conforme os termos da licença:


por Sri Chinmoy
Do livro Grandes Mestres e os Deuses Cósmicos, disponibilizado sob a licença Creative Commons license

Close »