95 Eu perdi você

Eu O perdi, meu Senhor,
Não porque minha amiga íntima
É a tenebrosa noite-ignorância,
Mas porque eu nunca ousei
reivindicar Você
Como meu próprio, muito meu.

Sri Chinmoy, 207 Flores-Chamas.Primeira publicação de Agni Press em .

Este é o livro número th escrito por Sri Chinmoy desde a sua vinda ao Ocidente, em 1964.

Aviso:

Se você estiver exibindo o que você copiou em outro site, por favor, inclua as seguintes informações, conforme os termos da licença:


por Sri Chinmoy
Do livro 207 Flores-Chamas, disponibilizado sob a licença Creative Commons license

Close »